Compensa comprar um carro 0km? Com a crise econômica que assola o Brasil e o mundo, é vantajoso ter essa despesa para atingir um objetivo ou sonho? Qual o papel de um veículo na sua vida? É uma ferramenta de deslocamento, uma comodidade, patrimônio financeiro, luxo ou uma forma de inserção na sociedade?

Temos este tipo de conversa com nossos clientes quase que diariamente. Se para você ter um carro é algo cultural, psicologicamente indispensável, este texto talvez não faça sentido. Entretanto, se um carro é para você um meio de transporte, de dar comodidade e agilidade para você e sua família no dia a dia, acompanhe até o final. Ao longo deste artigo, vamos esclarecer todos os custos envolvidos na aquisição de um carro e mostrar que você pode ter um carro novo e ainda ter dinheiro guardado ao final de um período de 5 anos.

O carro 0km é um ativo ou passivo?

Em primeiro lugar, temos que entender, do ponto de vista financeiro e orçamentário, o que é um carro para as pessoas. Por mais que alguns pensem que ter carro pode ser um investimento lucrativo, ainda mais depois da valorização dos seminovos, isso raramente é colocado em prática. Em outras palavras, um carro sempre gerará gastos e depreciação para o seu proprietário, independentemente dos movimentos de mercado. Existe a manutenção, impostos, e a partir do momento em que você retirou da concessionária, ele já não vale a mesma coisa.

Apesar disso, ainda há pessoas que acreditam que podem conseguir excelentes negócios na troca, vendendo seminovos com o preço elevado. Isso já é muito arriscado (para não dizer irreal) para um vendedor profissional, imagine para quem não vive disso! Ter o seu carro é, sim, um passivo contábil. Porém, para muitas pessoas ele é o instrumento de trabalho, o que dá a falsa sensação de que é um ativo por ser um objeto que de alguma forma acaba sendo gerador de renda.

Quais os riscos na aquisição de um veículo?

A lista de riscos na aquisição de um carro seminovo é gigante, mas vamos pontuar apenas aqueles que são mais gritantes: Veículo de má procedência, Possível Estelionato, Problemas Mecânicos e outros. Por isso, o baixo valor em comparação a um carro 0km, onde esses problemas teoricamente não existem.

Juntamente com a segurança que a compra de um carro 0km traz, porém, existe um preço a ser pago por isso. Como em qualquer outra transação, se o risco para o consumidor é mais baixo, o custo tende a ser mais alto. Nesse sentido, muitas pessoas foram para os seminovos, o que gerou a alta de preços também neste mercado. Sendo assim, temos duas possibilidades, o carro 0km e o seminovo, e ambos estão em um momento de alta de preço. Nesse meio tempo, o mercado também sofre com o aumento do preço dos insumos em todo o mundo, diminuição de incentivos fiscais, entre outros problemas.

Como resultado, não existe mais a figura do “carro popular”, ou seja, aquele que é acessível à classe média e até mesmo aos mais pobres. A maior parte dos modelos de entrada está na faixa acima de 50 mil reais, e carros outrora símbolo de preço baixo, como um Volkswagen Gol, pode custar mais de 80 mil, a depender da configuração. Para escapar das dificuldades das vendas, as concessionárias têm buscado muitas alternativas, como a taxa zero de financiamento, que exige uma entrada muito alta. Sem falar nas taxas que estão embutidas no preço do produto, para que pareça vantajoso comprar um carro 0km. Mas afinal, é ou não é vantagem adquirir um veículo novo?

Aluguel de posses – uma mudança cultural

Pensando em todas as dificuldades impostas a quem quer adquirir um carro nos dias de hoje, buscamos diversos outros modelos. Há alguns anos, surgiu no Brasil um modelo que fez muito sucesso, mas que depois foi caindo em desuso: o leasing. Com ele, você pagava um valor fixo para utilizar um bem (que poderia ser um carro), porém não obtinha posse sobre ele. Por questões culturais e de custo, que à época era bem alto, as empresas acabaram deixando de lado essa opção, porém, ficou um legado, sobre o qual falaremos mais a seguir: o leasing operacional, ou simplesmente aluguel de carro.

Antes, porém, gostaríamos de deixar uma reflexão: vale a pena ter a posse ou uso dos objetos? Essa é uma quebra de paradigma que tem acontecido aos poucos, e mudado a forma como o brasileiro vê os negócios. Este vídeo do empreendedor Murilo Gun fala um pouco do modelo “Life as a service, ou seja, a vida como um serviço. Em outras palavras, ele questiona por que pagamos 200 reais numa furadeira, se precisamos apenas de alguns furos na parede por ano. Será que um aluguel por 20 reais uma diária não resolveria a nossa demanda anual por este produto? Além da economia, não teríamos que armazenar a furadeira em casa, e sempre teríamos uma nova para utilizar quando alugássemos.

Este modelo já é amplamente aplicado em diversos mercados, como o de malas de viagem e roupas para casamento, por exemplo. Afinal, não faz sentido ter um custo gigantesco para ter que ocupar todo o espaço de armazenamento com malas que você usa uma vez por ano, ou até menos. Sabemos que ainda há questões afetivas e culturais em todas essas áreas, mas se abrirmos a mente, será que este modelo pode ser aplicado a automóveis também?

“O carro por assinatura é uma forte tendência de mercado. Devemos despertar o desprendimento cultural da posse para o uso. O que já é uma realidade no mundo todo e que no Brasil, com certeza chegou para ficar.” Gedson Santin, CEO da Santin Assessoria em Mobilidade.

Devo alugar ao invés de comprar o meu carro 0km?

Calma, não queremos dar uma resposta definitiva sobre o assunto, apenas trazer uma reflexão. A equipe da IN Group tem em sua maior parte entre 35 e 40 anos e a nossa geração foi educada de maneira a querer um bom emprego para ter carro e casa própria. É difícil mudar este pensamento de um dia para o outro, ainda mais com as pressões da sociedade em torno do “ter”. Muitas vezes adquirimos bens mais para agradar aos outros do que pela nossa própria necessidade.

Essa nossa relação com o carro e a casa vem dos nossos avós, passou pelos nossos pais e é realmente complicado mudar a nossa visão. Porém, quando começamos a colocar as contas no papel, parece que existe uma vantagem clara em alugar um carro ao invés de comprar. Na sequência mostraremos algumas simulações que apontam para uma grande economia após o período de 5 anos, considerando os custos de manutenção e o valor de revenda do carro 0km depois de 60 meses. Ainda por cima, há a vantagem de poder trocar o carro ao final do contrato e sempre ter um carro de no máximo 3 anos. Então, se você chegou até aqui, observe os custos necessários para se manter um veículo:

  • Custos de manutenção – Revisão Periódicas e reparos
  • IPVA
  • Seguro obrigatório
  • Licenciamento
  • Seguro do veículo (não é obrigatório, mas é muito arriscado não ter)

Fora esses custos, quando você adquire um carro 0km ainda existem a depreciação natural do bem e os juros embutidos no financiamento. Mas falando assim de maneira genérica fica difícil entender, então vamos trabalhar com valores reais do mercado?

O quanto eu perco ao comprar um carro 0km?

Uma pessoa quer comprar um veículo “popular”, que custa R$ 50 mil, a uma taxa de 1,5% a.m. por um prazo de 60 meses. O custo final deste veículo seria de R$ 76.180,20. Se considerarmos uma depreciação média por ano de 8% (até o 10º ano do veículo), com exceção do primeiro ano, no qual é 15%, ao final de 5 anos este veículo poderá ser vendido por cerca de R$ 30.446,70. Isso sem contar os outros custos citados anteriormente, como IPVA, seguro entre outros.

Por esse motivo, talvez seja hora de as pessoas abrirem os olhos para a possibilidade do aluguel. Colocaremos na sequência 3 cenários diferentes:

  1. jovem de 20 anos que quer comprar seu primeiro carro por R$ 50 mil;
  2. adulto de 35 anos trocando seu veículo de R$ 30 mil por um de R$ 90 mil;
  3. troca de veículo de R$ 80 mil por um de R$ 120 mil para um adulto de 50 anos.

Para todos os efeitos, usaremos o mesmo raciocínio para os 3 cenários: 60 meses de financiamento x aluguel pelo mesmo período. Calculamos seguro, licenciamento, seguro obrigatório, emplacamento e IPVA no caso de aquisição.

Cenário 1 – Jovem comprando seu primeiro carro por 50 mil reais

Valor Pago IPVA Seguro – 7% Manutenção Licenciamento e seguro obrigatório Emplacamento Total Preço de Revenda do carro Custo Total
Compra à prazo – Tx. 1,5%  R$ 76.180,20  R$    8.026,65  R$ 14.046,64  R$  4.500,00  R$              750,00  R$           450,00  R$  103.953,49  R$ 30.446,70  R$ 73.506,79
Aluguel  R$ 72.921,23  –  –  –  –  –  R$    72.921,23  R$ 72.921,23

Como vocês podem ver, no caso de aluguel após 5 anos a pessoa ainda tem uma economia de quase 600 reais. Isso sem falar que não corre nenhum tipo de risco como pane pós-garantia, e ainda conta com benefícios como um carro zero a cada 3 anos, no máximo, e carro reserva em caso de pane mecânica e durante as revisões. Lembremos que ainda pode haver alguma dificuldade na revenda do carro comprado, que pode sair por bem menos do que o valor de referência (Usualmente a FIPE), e que caso haja um imprevisto no meio deste período é possível cancelar o contrato de aluguel, enquanto no financiamento a pessoa terá que vender o carro por um valor bem abaixo do que pagou.

2º Cenário – Adulto de 35 anos que quer trocar seu carro de R$ 30 mil por um de R$ 90 mil reais

Aqui, a conta é um pouco mais complexa. Imagine que uma pessoa por volta de 35 anos quer trocar um carro de 30 mil por um de 90 mil reais. Ela dá os 30 mil reais de entrada, e financia os outros 60 mil, também em 60 parcelas. A opção a este modelo seria investir estes 30 mil reais em uma carteira oferecida pela IN Investimentos e alugar um carro similar ao que ele compraria por este valor.

Valor Pago IPVA Seguro – 5% Manutenção Licenciamento e seguro obrigatório Emplacamento Total Preço de Revenda do carro Rendimento/ Investimento Custo Total
Compra à prazo – Tx. 1,2%  R$    84.936,60  R$ 14.447,97  R$ 18.059,96  R$  6.000,00  R$              750,00  R$           450,00  R$  124.644,53  R$ 54.804,06  R$    69.840,47
Aluguel  R$  122.548,75  –  –  –  –  –  R$  122.548,75  R$ 56.197,00  R$    66.351,75

Neste cenário, ao final de 5 anos, além das vantagens já mencionadas acima a respeito de alugar o carro, ainda há um resultado positivo de cerca de R$ 3.500,00. Desta forma, além de ter um pacote mais completo de serviços e um carro 0km a cada 2, 3 anos, a pessoa ainda economiza dinheiro para investir em outras áreas da sua vida.

Cenário 3: troca de um veículo de R$ 80 mil por um carro 0km de R$ 120 mil por um adulto de 50 anos.

No terceiro e último cenário, simulamos uma pessoa de aproximadamente 50 anos que quer trocar seu veículo antigo, no valor de R$ 80 mil, por um carro 0Km que custa cerca de R$ 120 mil. Nesta situação também simulamos o valor do carro antigo dado como entrada x este valor aplicado em uma carteira de investimentos enquanto um carro de valor similar é alugado.

Valor Pago IPVA Seguro – 4% Manutenção Licenciamento e seguro obrigatório Emplacamento Total Preço de Revenda do carro Rendimento/ Investimento Custo Total
Compra à prazo – Tx. 1%  R$    56.343,00  R$ 19.263,96  R$    19.263,96  R$  6.000,00  R$              750,00  R$           450,00  R$  102.070,92  R$    73.072,08  R$    28.998,84
Aluguel  R$  168.895,16  –  –  –  –  –  R$  168.895,16  R$  145.135,00  R$    23.760,16

Aqui temos um saldo de mais de 5.200 reais, além de todas as vantagens amplamente citadas neste texto.

Como é possível ver, economicamente é vantajoso ter um carro alugado. Você diminui o risco de ter um imprevisto e ainda consegue economizar uma parte do investimento, seja na aquisição do primeiro veículo ou na troca de um usado por um carro 0km. Claro que sabemos que existe o fator psicológico, e como dissemos acima a questão cultural de ter um veículo como símbolo de sucesso e felicidade. Porém, com estes dados em mãos fica mais fácil para quem está na dúvida decidir pela aquisição ou aluguel de um carro.

Fizemos questão de sermos o mais realista possível, para isso usamos e consideramos a idade para basearmos o custo de seguro para cada caso e o valor de entrada para mensurar a taxa de juros. Sabiamente, entendemos que cada cenário pode ter suas variações e para isso, nos colocamos à disposição para fazer uma consultoria totalmente sem custo, para avaliar o seu cenário atual.

Com relação ao valor investido, o cenário também pode variar conforme Perfil de Investidor. A projeção dos investimentos foi realizada conforme a idade apresentada e um perfil balanceado. Caso seu perfil seja mais arrojado, seus resultados com o aluguel do veículo podem ser maiores. Saiba mais sobre o seu perfil de investimento clicando aqui.

Conheça os planos de aluguel de carro 0km da IN Group

Agora que você tem as contas em mãos, está mais fácil tomar a decisão. A IN Group possui as melhores soluções em carro por assinatura e disponibiliza diversos modelos de veículos para aluguel do seu carro 0km! Saia da cultura do ter, venha usufruir de um veículo e ainda invista o restante do dinheiro. Faça da comodidade e do conforto algo rentável para o seu futuro e da sua família. Entre em contato agora mesmo com um de nossos consultores para mais informações.

 

Open chat