Comprar um carro 0km está quase sempre entre os principais sonhos de consumo dos brasileiros. No entanto, com as recorrentes altas da taxa SELIC, a forma mais comum de fazê-lo (através de financiamento), virou um verdadeiro quebra-cabeça financeiro para o consumidor. Especialmente se pensarmos no nosso orçamento cada vez mais apertado. 

Por conta disso, a pergunta que se levanta é: vale atualmente fazer financiamento para carro 0km? 

A resposta, como muitas relacionadas a questões financeiras, é depende da sua situação e necessidade. Para ajudar a sanar sua dúvida, vamos mostrar os cenários possíveis para que você possa realizar seu desejo de um carro 0km, incluindo a de financiá-lo. 

O que preciso pensar ao financiar um carro 0km? 

Primeiramente vamos observar a situação atual do financiamento em 31 de março de 2022, com a taxa SELIC a 11,75%. Atualmente os valores dos veículos mais baratos 0km estão na faixa de R$ 60.000,00. Neste caso, vamos observar os valores para os modelos mais baratos. Ela dependerá principalmente do quanto você der de entrada e do número de parcelas escolhido, então vamos simular a seguinte situação: 

Carro de 60 mil, com entrada de 15 mil, em 60 parcelas e juros de 1,42% ao mês. 

Você financiou R$ 45.000,00 reais e ao final de 60 meses, terá pagado um total de R$ 67.160,04, que somados aos 15 mil da entrada que você deu, dará um total de R$ 82.160,04. Ou seja, ao final do financiamento do seu carro 0km, você terá dado quase 37% do valor original do veículo em juros, como remuneração à instituição. 

Nesta simulação, o valor da parcela mensal será de R$ 1.119,33. Contudo, é preciso lembrar que ainda temos o IPVA (que neste caso deve ficar em aproximadamente R$ 2.400,00), seguro, manutenção. Finalmente tem a questão da depreciação, que a partir do momento em que você o compra e tira da concessionária, ele já perde valor. 

Com a possibilidade de ainda termos mais aumentos na taxa SELIC, a tendência é que estes valores ainda sofram alterações, no caso para cima. Além disso, é sempre preciso lembrar que no financiamento não se pode comprometer mais que 30% da renda. 

Consórcio de carro 0km 

Em outras oportunidades, trouxemos mais detalhes sobre o funcionamento do consórcio, mas falamos especialmente da questão de imóveis. Porém, as situações são muito semelhantes, com a diferença naturalmente que o valor das parcelas do consórcio serão mais baixas e não há a necessidade de dar uma entrada.  

Entretanto, a carta de crédito dependerá da sua sorte ou do seu lance, no caso de ser possível participar dos leilões (mais informações sobre o funcionamento do consórcio, vejam AQUI). 

Comprar à vista o carro 0km 

Esta é uma opção muitas vezes desconsiderada, por acharem que ela pode ser muito demorada. No entanto, vale observar a situação dentro do cenário aplicado na simulação do financiamento.  

Se você pegar os R$ 15.000,00 da entrada e investir em um fundo de renda fixa (usamos aqui o Tesouro Prefixado com vencimento em janeiro de 2025), ao final do período você terá R$ 19.359,03 líquidos. Este é um valor aproximado, feito pelo próprio simulador do Banco Central.  

Além disso, é possível usar o valor das parcelas mensais para fazer algum investimento. No entanto, se considerarmos um cenário onde você apenas guarde todo mês este valor na poupança até janeiro de 2025, teremos o seguinte cenário: 

  • R$ 36.937,89 de valor investido 
  • R$ 39.883,29 em janeiro de 2025 

Em janeiro de 2025 (em apenas 32 meses), você terá o total de R$ 59.242,32. Sendo assim, no mês seguinte, os 60 mil necessários já seriam atingidos. Com um melhor trabalho de investimento, tendo uma equipe especializada, esse valor poderia ser atingido em ainda menos tempo. 

Outra coisa que é preciso considerar é que pode-se mesclar essa opção com a do consórcio. Ou seja, você investe igualmente a entrada, mas usa o valor das parcelas para iniciar o seu pagamento. Como podem ver, são diversas situações em que você pode buscar formas mais rentáveis de investir seu dinheiro. 

Aluguel de carro 

Por fim, se você não se importa com a necessidade de ter a posse do carro, a opção do aluguel de carro pode ser a ideal para você. Muitas locadoras oferecem toda estrutura de seguro, impostos pagos, manutenção, cabendo a você apenas pagar o valor mensal e dirigir.  

Juntamente com isso, é possível pegar carros em locais que você viajou. E temos a vantagem que aqui o carro será sempre 0km. Sendo assim, você poderá realizar o desejo de ter um carro novo para dirigir, mas apenas terá de devolvê-lo ao final do período (ou ficar, já que algumas oferecem a possibilidade de comprá-lo no fim do aluguel). 

Inclusive trouxemos informações detalhadas sobre essa modalidade neste texto AQUI

Conclusão 

Fica claro que o momento atual oferece juros bem salgados para quem quer financiar um carro 0km. O mercado também oferece opções muito boas, especialmente para quem não tem pressa para comprar o automóvel. Além disso, a modalidade de aluguel oferece uma alternativa excelente para quem precisa de um carro com urgência, mas não se importa em não ser seu dono. 

Em tempos de crise econômica, vale sempre ponderar a alternativa que mais trará retorno ao seu investimento. 

Fale agora mesmo com um especialista financeiro do IN Group e conheça as melhores opções de investimento de acordo com seu perfil e necessidades.

Open chat